Livros para ler em um dia!

book1
Instagram: @rodrigo_

Heyy guys! Sei que muitos de vocês estipularam como meta desse ano “ler mais livros”, então decidi compartilhar 5 sugestões de livros leves e curtos para devorar em um dia.

  • Alice no País das Maravilhas

Esse foi o primeiro livro que li em apenas uma tarde, isso com uns 10 anos de idade (se não me engano). Tem várias edições, mas li na da L&PM Pocket. É uma história bem divertida e gostosa de ler. Possui 171 páginas, com letras médias e uma ou outra ilustração.

  • Gabriel e a Torre de Pedra

É também super envolvente e passa muita coisa legal (até marquei umas passagens com post-its hihi). Tem 127 páginas, com ilustrações. Quer saber um pouquinho sobre ele? Clica aqui.

  • A Revolução dos Bichos

Um livro curtinho e bem divertido, comecei em uma noite e terminei no dia seguinte pela manhã. Li em PDF no Lê Livros, possui 112 páginas e é uma sátira à Revolução Russa (mais sobre ele aqui).

  • E Não sobrou nenhum

Nada a declarar sobre a Rainha Agatha Christie né? Esse livro prendeu muito minha atenção, eu simplesmente não conseguia parar de ler. Comecei em um sábado à noite e terminei em um domingo à tarde. Meu livro preferido sem dúvidas! 272 páginas.

  • O Poder de uma conexão

Li em uns 15/20 minutos, é uma leitura também muuito boa. Falei sobre ele nesse post. Todos deveriam lê-lo! 44 páginas.

Espero que vocês desfrutem dessas leituras. Tem mais alguma indicação? Comenta aqui!

Até o próximo post 😉 Bye!

Anúncios

Leituras de set-dez

book

Eaii galera! Primeiro de tudo: Feliz ano novo! Demorei um pouco para trazer esse post aqui, mas cá estou eu :). Sem mais delongas porque tem muito livro bom para mostrar para vocês <3.

  • Lealdade e Deslealdade 

Conheci esse livro em um seminário que participei. “Embora seja uma requisição fundamental de Deus para lideres, muito pouco tem sido escrito sobre este assunto. Neste livro, o bispo Dag Heward-Mills delineia princípios muito importantes com a intenção de aumentar a estabilidade das igrejas.”

Nota: 5/5. Lido em: 01/11/17-08/11/17.

  • Entre Rios

Esse foi um livro indicado pela escola para a realização de um trabalho. São textos de diversos escritores que narram histórias sobre o rio de sua infância, de sua região ou com o qual se identifica. Não gostei muito porque não faz meu estilo de livro, mas também não considerei uma leitura desagradável.

Nota: 4/5. Lido em: 10/11/17-16/11/17.

  • O poder de uma conexão 

Esse livro foi escrito pelo Apóstolo da minha igreja. Fala sobre se conectar com pessoas, estabelecer conexões, criar vínculos, etc. É bem rapidinho de ler, indico para você que quer sair da “ressaca literária”.

Nota: 5/5. Lido em: 22/11/17.

  • Paz e Provisão

Esse aqui também conheci em um seminário e gostei bastante. “Saiba que é possível encontrar a paz tão desejada em Jesus Cristo! Provisão fala de suprimento completo em todas as áreas, no espírito, alma e corpo. Viva estes princípios e seja estabelecido na Terra dentro desse chamado de Paz e Provisão.”

Nota: 5/5. Lido em: 25/11/17-01/12/17.

  • Extraordinário

Um livro muuito bom, todos deveriam ler, desde crianças à adultos. Passa uma mensagem incrível de empatia. 

“Extraordinário conta a história de August Pullman, uma criança que nasceu com uma séria síndrome genética que o deixou com deformidades faciais. Auggie foi educado em casa até os 10 anos, quando começou a frequentar o quinto ano em uma escola de verdade. Assim, terá que convencer seus colegas que, apesar de sua aparência diferente, ele é um menino igual a todos os outros.”

Nota: 6/5 (hahah). Lido em: 03/12/17-11/12/17.

Bom, vocês podem ter notado pelas datas que não li nenhum livro nos meses de setembro e outubro, já que estava bem envolvida com a escola, feira de ciências, etc. O importante é que recuperei em novembro e consegui ler 16 livros em 2017. Que esse ano de 2018 traga muitas outras boas leituras <3.

Tchau e até o próximo post! sz

Hipnose em Xadrez #4

spirale_orologio

NO ÚLTIMO CAPÍTULO…Com isso, consegue marcar um interrogatório na casa de Sr. Richard, companheiro de Xadrez de Sr. Jefferson. Mas, quando ele chega lá…”

“HOMEM É ENCONTRADO MORTO EM SUA PRÓPRIA CASA. Perícia afirma que foi um suicídio.”

-//-
Naquele mesmo dia, ao pôr do sol, Bryan vai até a rádio local e diz que precisa passar um recado extremamente importante para toda a cidade. Consegue isso apenas mostrando o seu distintivo do FBI.
Então, em todos os comércios e carros de Waterdeep, é passado o recado de que toda a população deveria estar atenta à programação da rádio.
E assim, Bryan começa o seu “recado”.
“Naquele dia de 24 de outubro de 2013, acompanhei o meu avô em seu jogo de Xadrez. Era para ser um domingo comum, até que vi o envenenamento acontecer. Em todas as outras vezes deixei ele na biblioteca e fui para o serviço, mas naquela tarde fiquei com ele. Desviei o olhar por um instante e me deparei com Richard retirando um pequeno frasco de seu bolso esquerdo e despejando o conteúdo em uma peça de seu adversário, Sr. Jefferson.
Aquele teria sido um assassinato perfeito, SE eu não estivesse presente. Eu sabia de sua culpa, mas não possuía provas. Com o cartão médico que recebi de meu avô, e com minha última investigação, tive certeza.
Na noite em que Richard morreu, um pouco mais cedo, no corredor de sua casa, eu o hipnotizei para que cometesse suicídio. Mas, claro, antes que a polícia venha trás de mim, hipnotizarei todos para que esqueçam de tudo. Então me livrarei da culpa e de todos os possíveis indícios.”
Assim, após hipnotizá-los, foi para sua casa e dormiu tranquilamente.
 
FIM.
mA5SbP1W53Ex

Hipnose em Xadrez #3

hipnose em xadrez #3

Ignorando os pedidos de seu chefe, Bryan decide analisar os arquivos do caso, pois desconfiava de que algo a mais rondava aquele falecimento.

Pega o endereço da casa da vítima e conversa com o atual morador.

-Boa tarde, senhora. FBI. -diz Bryan.

-Boa tarde, deseja falar com quem? -diz Lara.

-Com Olga. Ela está? Preciso conversar um assunto importante.

-Está sim, mas ela não fala há muito tempo…

Então Bryan é levado ao quarto onde Olga estava, e se assusta com a situação em que ela se encontra. Ele se ajoelha em frente a cadeira de rodas da senhora e ouve a seguinte frase:

-Biblioteca. Dia 24 de outubro.

-Isso é a única coisa que ela diz, e eu não entendo. Mas enfim, o senhor deseja alguma informação específica? -diz Lara.

-Não, obrigado. Isso é tudo o que eu precisava.

-//-

Chegando à biblioteca, se dirige até a recepção e pede os registros de 24 de outubro do ano anterior. Após ler inúmeras locações de livro, encontra a sessão de Xadrez e se depara com o nome dos participantes que utilizaram o jogo naquele dia.

Com isso, consegue marcar um interrogatório na casa de Sr. Richard, ex-companheiro de Xadrez de Sr. Jefferson.

Mas, quando ele chega lá…

E CONTINUA…

Hipnose em Xadrez #2

hipnose em xadrez #2

Seu neto não foi o único visitante naquele dia… Antes de Sr. Jefferson entregar o cartão, outra pessoa o encontra: seu “melhor amigo” Sr. Richard.

-Olá amigo – usando um tom não muito amigável – parece que você está mal…

-Eu sei que foi você!

-Gosto da sua audácia Jefferson, mas eu posso te matar a qualquer momento apenas desligando esse aparelho.

-Por que você fez isso?

-Penso que você já deve ter reparado certos traços de psicopatia em mim. Um dia, há anos atrás, minha mulher sofreu um grave acidente de carro, mas os inúteis médicos não conseguiram salvá-la. Por raiva, peguei o cartão do hospital e “decodifiquei-o”: o número de telefone virou data e hora e a mensagem escrita virou um nome. Coincidentemente, conheci você nas nossas partidas matinais de Xadrez. Então te envenenei.

-Me dê o cartão.

-Tudo bem, não preciso mais dele -e entrega o cartão, saindo da sala.

-//-

Um ano depois, do outro lado da cidade, detetive Bryan dizia para o chefe:

-Sr. William, deixe que eu pegue esse caso.

-Olha Bryan… você é um bom detetive, mas tem casos mais importantes para resolver.

-Tudo bem… você tem razão.

E CONTINUA…

Hipnose em Xadrez #1

hipnose em xadrez #1

Prólogo

-Olá Sr. Richard -diz Jefferson
-Olá Sr. Jefferson -conversam calmamente os dois jogadores de Xadrez
Posicionam as peças e se preparam para iniciar a partida.
Naquele dia mais tarde, Jefferson sente fortes dores em seu corpo e então é levado por sua família ao hospital.
-Meu querido avô, melhore logo. Não quero vê-lo partir.
-Eu… eu… preciso te entregar algo antes.
E então, com muito esforço, lhe dá o cartão de um consultório
médico e, infelizmente, falece.
E mesmo após um ano, o Caso 24 permanecia sem solução, até ser investigado mais profundamente. Concluiu-se que o ocorrido, definido por muitos como morte por causas naturais, foi na verdade um homicídio.
E CONTINUA…

A voz de muitas águas.

cachoeira

É provável que você já tenha ouvido alguém se referir à presença de Deus como a voz de muitas águas, mas não entende o porquê. Eu também não entendia, mas tive meu entendimento ampliado no culto do 914 (25/11/17) na ministração da Kamila Antero. E por isso vim aqui compartilhar com vocês as minhas anotações do dia.

“E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória.” Ezequiel 43:2

“Seus pés eram como o bronze numa fornalha ardente e sua voz como o som de muitas águas.” Apocalipse 1:15

  • Não é pela quantidade, mas sim pelo barulho

O barulho da água nos envolve, nos acalma. Quanto mais perto da queda d’água, mais alto o som, melhor podemos ouvi-la. Ou seja, quanto mais perto de Deus, melhor você pode ouvi-lo.

Você está longe?

Quem já foi em um show, ou escuta música alta no fone de ouvido, sabe que quando estamos escutando um barulho muito alto, acabamos não ouvindo a nossa própria voz. E essa é a chave, ignorar as outras vozes e focar na voz de Deus.

  • Mergulhe na presença dele

Quanto mais perto da água, maior a chance de se molhar. Corra, busque. O que te faz próximo de Deus é o seu relacionamento com Ele, e não seu “cargo” na igreja. Dançar/ser anfitrião/passar o slide/tocar/cantar não te faz melhor.

Espero que esse post bem curtinho tenha esclarecido algumas dúvidas. A Kamila foi um instrumento nesse dia! Se gostarem, compartilhem com os colegasss. Até o próximo post. 😀

IMPORTANTE: Ver a mesma pessoa todos os dias não te torna íntimo dela. Ir na igreja não te faz mais crente.

Leituras de jun/jul/ago

Heyyy galera! Voltei pra compartilhar com vocês minhas leituras (algo que eu amo fazer, como vocês já devem ter notado hahah) dos meses de junho, julho e agosto. Minha meta para este ano é ler 20 livros, e pelo jeito terei de correr um pouquinho, pois só li 11 até agora rsrsrs…

  • Blackbird: A fuga

Achei a proposta de Blackbird bem parecida com a série Blindspot. O livro conta sobre uma garota que acorda nos trilhos do metrô de Los Angeles sem se lembrar de nada: nem mesmo de seu nome. Ao seu lado encontra uma mochila e a instrução “Não ligue para a polícia”.

O mais interessante é a presença do narrador em segunda pessoa. Exemplo: “Verifica as trancas da porta do quarto do hotel. Verifica as janelas, certificando-se de que ainda estão fechadas e trancadas. Está no quinto andar, mas isso não te ajuda a se sentir melhor”.

Nota: 4/5. Lido em: 06/06/17-30/07/17.

  • Assassinato no Expresso do Oriente

AAAAAAAAAAAAAAAAAA. – Minha reação ao ler o final desse livro.

MANO DO CÉU! Essa Agatha arrasa mexxmo! Com certeza “Assassinato no Expresso do Oriente” se tornou um dos meus livros preferidos.

Um assassinato ocorre dentro de um trem parado pela neve, todos dizem não ter visto nada, mas o verdadeiro culpado só pode ser um dos passageiros, já que a nevasca impedira-os de fugir. Será que Hercule Poirot conseguirá desvendar esse mistério?

Nota: 5/5. Lido em: 15/06/17-17/06/17.

  • Os Miseráveis 

Já li o livro e vi o filme duas vezes, e se precisar leio/vejo de novo! “Os Miseráveis conta a história de um homem que sofre durante toda sua vida por causa de um erro cometido na juventude. A saga de Jean Valjean se passa na França revolucionária do final do século XVIII e início do XIX quando monarquistas e republicanos lutavam pelas ruas.”

Nota 5/5. Lido em: 15/08/17-22/08/17.

Bom, foi isso! Espero que vocês estejam gostando de acompanhar minhas leituras. Até o próximo post! Tchaau! 😃😘

Duas atitudes de Jesus que devemos nos espelhar

Eaiii galera! Que saudade de escrever por aqui! No post de hoje resolvi compartilhar com vocês a palavra que ministrei na célula (15.08.17) sobre duas (dentre muuuitas outras) atitudes de Jesus que devemos nos espelhar e começar a praticar também.

  1. Se alegre com os planos de Deus

“Então Jesus disse claramente: — Lázaro morreu, mas eu estou alegre por não ter estado lá com ele, pois assim vocês vão crer. Vamos até a casa dele.” ‭‭João‬ ‭11:14-15‬

Jesus amava Lázaro (João 11:5) e considerava esse como um amigo muito querido (João 11:3), porém se alegrou com sua morte. ??!!??!(!)?ERROR

Isso aconteceu pois ele compreendia o propósito de Deus em usar a ressurreição de Lázaro (João 11: 43-44) como instrumento para que a multidão cresse no Senhor e em seus milagres.

Logo, tomando isso para os dias de hoje, devemos nos alegrar com a vontade dEle e com seus planos, assim como Jesus fez. Até mesmo não entendendo o porquê de certas situações, tente sempre se lembrar de que os "sonhos" de Deus são maiores que os nossos.

2. Seja educado

"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo." Apocalipse 3:20

Jesus é muito educado! Ele só vai fazer parte da sua vida se você permitir, ele não entra sem antes pedir "licença".

18274921_1755261851167047_2294728635744623699_n

Não use "personalidade forte" como uma desculpa para suas atitudes. Devemos sempre, acima de tudo, respeitar nossas autoridades, pais, e responsáveis. Siga o exemplo de Jesus! 

Que Deus fale com vocês através dessa ministração. Tchau e até o próximo post! ❤️

Leituras de abril/maio

4249da9a8d0446d1afc17ec3bb9a94ec

Heyy galeris! Tudo bom? Continuando a série “Leituras de…”, vim compartilhar o que li (ou terminei) nos meses de abril e maio.

  • Todos os Sonhos do Mundo

Esse foi um livro que li para uma atividade escolar. Bem curtinho e li em um dia. Não gostei muuito, mas também não é ruim.

São várias histórias que retratam situações que acontecem em muitas famílias: abandono, adoção… Não curto mt contos, mas pra quem gosta é bem interessante ler.

Nota: 3/5. Lido em: 15/05/17-16/05/17.

  • A Garota no Trem 

Gostei bastante do livro pelo fato de ter sito narrado com três pontos de vista diferentes: o de Anna, Rachel e Megan.

Conta a vida de três jovens que acabam se interligando. Rachel, alcoólatra e com alguns problemas de memória, acaba esquecendo do que houve no dia do assassinato de uma garota, Megan. Mas, no fundo, sabe que está de alguma forma relacionada com isso.

Devo confessar que o final me pegou de surpresa, eu realmente não imaginava.

Nota: 4/5. Lido em: 02/04/17-15/05/17.

  • Noite sem fim

Caraa, pensa em um livro que eu não gostei de ler! Parei inúmeras vezes, troquei por outros livros e deixei ele guardadinho na estante até decidir terminar.

O personagem principal, Mike, nunca parou em um emprego, e sempre recebia broncas de sua mãe. Até que um dia, decidido em garantir um bom futuro, visita o lote da casa As Torres (ou Campo Cigano) e lá conhece uma moça: “foi amor à primeira vista”. Estes se apaixonam e Mike descobre que ela é uma americana podre de rica, mas não se importando com os bens, se casam e vivem felizes para sempre… ou não.

O clímax ocorre nas últimas páginas do livro, então o começo foi bem enjoativo e não prendeu minha atenção como os outros da autora. Sim, o final me deixou surpresa, mas não gostei do desfecho.

Enfim, esse é o primeiro livro da Agatha que eu leio e não gosto. Muitos gostam, então leia e tire suas conclusões (e dps me conta!).

Nota: 1/5. Lido em: 08/02/17-29/05/17.

E aí, gostaram? Me dediquei um pouquinho mais para a resenha do último livro, para vocês entenderem melhor. Até a próxima! 😀